Barcos fica no Palmeiras pelo menos até a Libertadores

Atacante diz que se não chegar uma proposta irrecusável para o clube ele vai jogar a Segunda Divisão

DANIEL BATISTA, O Estado de S.Paulo

29 de novembro de 2012 | 02h04

Um dia depois de criticar publicamente o presidente Arnaldo Tirone e admitir a possibilidade de sair, Barcos recuou, fez juras de amor ao Palmeiras e garantiu que só sairá se chegar uma "proposta irrecusável para o clube". Caso contrário, ele garante que jogará a Série B.

Ontem o atacante divulgou um vídeo com pouco mais de 30 segundos em sua página no Facebook para dizer que fica.

"Sonho com a Copa do Mundo, mas a única forma de eu sair é se o Palmeiras receber uma oferta irrecusável. Vou ficar pelo amor que criei pelo Palmeiras. 'Tamo junto' e 2013 é nosso."

Barcos gosta do Palmeiras, mas o aumento salarial que vai receber - embora Tirone negue - também pesou na decisão

Além disso, até o momento não apareceu nenhuma grande proposta que valesse deixar o clube. Ele jogará a Libertadores pelo Palmeiras e no meio do ano deve tentar sair - por empréstimo ou definitivamente - para conseguir se manter em um mercado onde possa ser visto pelo técnico da Argentina, Alejandro Sabella. Seu destino poderá ser a Fiorentina, da Itália.

Luan. A reformulação no elenco que terá início hoje com a divulgação da lista de dispensados não vai incluir Luan, mas por medo de ficar marcado como um dos culpados pelo rebaixamento e ser perseguido pela torcida ele vai pedir para ser emprestado.

O atacante tem mais três anos e meio de contrato com o Palmeiras e segundo seu empresário, o ex-atacante Magrão, existem alguns clubes brasileiros interessados em seu futebol.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.