Barcos partem rumo à Europa na Volvo Ocean Race

Começa nesta quinta-feira a mais longa das três últimas etapas da Volvo Ocean Race, a regata de volta ao mundo. A largada em Nova York está marcada para as 14 horas (horário de Brasília), em frente ao "World Financial Center", ao sul da Ilha de Manhattan, onde os barcos iniciam o percurso de 3.200 milhas (cerca de 5.800 quilômetros) até Portsmouth, na Inglaterra.Nesta etapa estarão em disputa 10,5 pontos, a maior pontuação entre as que ainda restam na prova. Depois, restarão duas pernas oceânicas com destino a Roterdã (Holanda) e a Gotemburgo (Suécia), valendo 7 pontos cada e mais duas provas costeiras em Portsmouth e Roterdã, com 3,5 pontos por regata. No trajeto até a Inglaterra, além da pontuação oceânica, haverá a bonificação de passagem pelo "Cabo Lizard", cerca de 40 milhas antes da linha de chegada. O primeiro barco a passar pelo local receberá 3,5 pontos. Líder da Volvo Ocean Race 2005/2006, o holandês ABN Amro 1 tem 70,5 pontos e pode comemorar o campeonato por antecipação se somar mais 7 pontos, o que corresponde à vitória na etapa independente da colocação parcial no "Cabo Lizard". "É uma situação confortável mas não vamos fazer contas. Queremos simplesmente velejar da melhor forma possível. Como trabalhamos até agora", disse o comandante do barco holandês, Mike Sunderson, preferindo manter-se distante de qualquer projeção de uma conquista antecipada. O retrospecto porém, é totalmente favorável ao ABN Amro 1: venceu cinco das seis etapas oceânicas já disputadas.Com o título praticamente assegurado pelo ABN Amro 1, a briga pela segundo lugar promete ficar cada vez mais intensa entre Piratas do Caribe (47,5 pontos), Movistar (47,0), Brasil 1 (42,0) e ABN Amro 2 (42,0). A travessia até Portsmouth deve durar cerca de 12 dias.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.