Barueri bate Lusa e volta ao G-4

Pênalti define vitória por 3 a 2, que coloca time na 4.ª posição

O Estadao de S.Paulo

29 de março de 2008 | 00h00

Em uma partida com final confuso devido a arbitragem, o Barueri conseguiu derrotar a Portuguesa por 3 a 2, no Estádio do Canindé, e manter vivo o sonho de classificação para as semifinais do Campeonato Paulista. O resultado alçou a equipe do técnico Márcio Araújo à 4ª posição, com 32 pontos, assim como o São Paulo, que joga hoje. A Lusa apenas cumpriu tabela.O jogo, que era vencido pelo Barueri por 2 a 1 até os 42 minutos da etapa final, tornou-se polêmico quando o árbitro Paulo Roberto de Souza Júnior marcou pênalti (inexistente) em Christian. O atacante bateu a falta, defendida por Renê, mas o juiz viu adiantamento do goleiro e mandou voltar a cobrança. Na segunda tentativa, nova defesa de Renê e outro anulamento. Na terceira vez, Zé Maria, aos 46, empatou, para desespero dos atletas do Barueri.Quatro minutos depois, porém, a equipe do interior ratificou a vitória, também com um pênalti inexistente em Thiago Humberto. O próprio jogador cobrou a penalidade e definiu o placar. PAULISTA VENCEAo derrotar o Rio Preto por 1 a 0, ontem à noite, no campo do adversário, o Paulista somou 22 pontos e manteve o rival, com 15, na zona de rebaixamento. O gol foi marcado por Bruno Ribeiro, aos 37 do primeiro tempo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.