Basquete: Brasil perde para a Austrália

O Brasil perdeu para a Austrália por84 a 66, derrota que nem foi sentida pelas jogadoras da seleçãoporque, teoricamente, facilitou o caminho até o pódio. Pelomenos com os Estados Unidos as brasileiras não encontram mais, anão ser na decisão de uma medalha de ouro. As norte-americanasda WNBA são favoritíssimas ao título do basquete feminino nosJogos de Atenas e ninguém quer estar na frente delas. Com oresultado deste domingo, no ginásio de Helliniko, o Brasilterminou em terceiro lugar do Grupo A e vai enfrentar a Espanha,segunda colocada da outra chave, no primeiro cruzamento da fasedo mata-mata, pelas quartas-de-final do torneio olímpico,quarta-feira. A cestinha da partida foi a australiana LaurenJackson, com 24 pontos. Se ganhar, o Brasil passa à semifinal, e enfrentará ovencedor de Nova Zelândia e Austrália. As australianas que aindanão perderam na competição são favoritas à vaga. Os EstadosUnidos sobraram para a seleção da casa, a Grécia, nasquartas-de-final, e a Rússia enfrenta a República Checa. Osvencedores encontram-se na outra semifinal. O técnico Antônio Carlos Barbosa continua preocupado coma falta de pontaria e a irregularidade da seleção brasileira."Jogamos um primeiro tempo muito bom, mas na partida todativemos problemas de finalização. O time apresentou um aproveitamento de apenas 35% noarremessos de dois pontos, o que é muito ruim", analisou.Barbosa disse que apoveitou a partida contra as australianaspara revezar e dar ritmo de jogo a todas as atletas. "Nãotínhamos de ficar deseperados atrás da vitória porque aclassificação em terceirdo do grupo era favorável. Assim, pudefazer as mudanças."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.