Basquete masculino jogal mal e falha em teste contra os franceses

O jogo faz parte de um torneio preparatório para os Jogos Olímpicos na França: 78 a 74

AE, Agência Estado

21 de julho de 2012 | 16h39

A seleção brasileira masculina de basquete perdeu para a França por 78 a 74 neste sábado, em torneio amistoso que está sendo realizado em Estrasburgo como preparação para a Olimpíada de Londres. A equipe do técnico Rubén Magnano oscilou muito ao longo da partida e, por isso, não conseguiu sair com a vitória.

O cestinha da partida foi o armador Tony Parker, com 22 pontos, mas o principal destaque francês ficou por conta do ala Nando de Colo, que marcou 13 pontos e apareceu nos momentos decisivos. Pelo lado brasileiro, Marcelinho Huertas e Nenê foram os maiores pontuadores, com 12 pontos cada.

O jogo deste sábado começou bastante equilibrado, com os franceses levando ligeira vantagem e fechando o primeiro quarto em vantagem: 19 a 15. No segundo período, o Brasil reagiu e diminuiu a diferença para dois pontos, indo para o intervalo perdendo por 41 a 39.

O terceiro quarto marcou o melhor momento brasileiro na partida. Com grandes atuações de Nenê, Marcelinho Huertas e Anderson Varejão, a seleção tomou à frente e disparou no placar, chegando a vencer por 11 pontos. Logo no início do último período, no entanto, a equipe caiu de produção, a França cresceu e empatou.

Os últimos minutos foram emocionantes, com alternância na liderança. Nando de Colo decidia pelos franceses, enquanto o Brasil respondia com Huertas. Quando a França vencia por dois pontos, a poucos segundos do fim, Larry Taylor teve a chance de empatar, mas errou a bandeja.

A seleção brasileira volta à quadra neste domingo, quando enfrentará a Austrália, também pelo torneio amistoso de Estrasburgo. Os australianos, aliás, serão os adversários na estreia dos Jogos Olímpicos de Londres, no próximo dia 29.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.