REUTERS/Andreas Gebert
REUTERS/Andreas Gebert

Bayern de Munique derrota Borussia Dortmund e fatura deca do Campeonato Alemão

Jogando em casa, time bávaro conta com gols de Gnabry e Lewandowski para fazer 3 a 1 e ficar com o título

Redação, Estadão Conteúdo

23 de abril de 2022 | 15h39

O jogo do líder contra o vice-líder do Campeoanato  Alemão teve um desfecho esperado: a volta olímpica do Bayern de Munique. A vitória de 3 a 1 sobre o Borussia representa não só a conquista do campeonato nacional, mas o prolongamento de uma hegemonia interminável. Essa foi a décima conquista consecutiva.

Dois dos gols que definiram essa vitória histórica foram marcados ainda no primeiro tempo com Gnabry e Lewandowski.  Emre Can ainda descontou em cobrança de pênalti na etapa final, mas Musiala decretou o placar final.

O duelo teve contornos dramáticos. Depois de um primeiro tempo irrepreensível, onde poderia ter marcado até mais gols, o Bayern viu o panorama mudar completamente na segunda parte do duelo.

O goleiro Manuel Neuer fez pelo menos três incríveis intervenções que frearam o ímpeto do Borussia. Assim, o título chega para o time mais vencedor do futebol alemão com três rodadas de antecedência.

Com a faixa de campeão assegurada, a equipe de Munique volta a campo no próximo final de semana e joga fora de casa contra o Mainz. Já o Borussia, também no sábado, recebe o Bochum. 

Na partida, a chance real de conquista de título fez o Bayer pressionar o Borussia Dortmund desde os primeiros minutos. A marcação alta provocou erros na saída de bola do rival e o time da casa conseguiu sair na frente logo aos 15min. Kimmich cobrou escanteio da direita e Goretzka ajeitou de cabeça para a chegada de Gnabry. Ele matou a bola na coxa e, com um belo arremate, acertou o canto do goleiro Hitz.

A vantagem não mudou a postura do Bayern e o Borussia passou a fazer a ligação direta para o ataque a fim de evitar a pressão.

O contra-ataque era a única saída dos visitantes que tiveram a melhor chance desperdiçada por Haaland. Ele entrou na área mas na hora de concluir, chutou para fora.

A marcação por pressão voltou a funcional aos 33min da etapa inicial e o Bayern voltou a balançar a rede. Em um erro de saída de bola, Muller foi rápido e acionou Lewandowski pela direita. Ele esperou a saída do goleiro e tocou no canto para ampliar a vantagem para 2 a 0.

O futebol de alto nível apresentado na etapa inicial deu a sensação de que o confronto estava definido. Mas o Borussia voltou disposto a mostrar que estava vivo na disputa e, logo no início, diminuiu o placar. Reus recebeu na área e sofreu pênalti de Kimmich. Emere Can bateu firme e descontou.

Na sequência, o empate não saiu graças à perícia do goleiro Neuer. Ele cresceu na frente de Reus na pequena área e conseguiu salvar o que seria o segundo gol do Borussia na partida. Haaland também desperdiçou duas  chances de igualar o placar.

Mas o dia era mesmo do Bayern. Em um lance confuso  na defesa do Bayern, Musiala bateu de pé direito e garantiu a vitória e o título para a equipe de Munique.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.