Beisebol chega valorizado ao Pré-Olímpico

Os ?estrangeiros? da seleção brasileira de beisebol saíram valorizados do Mundial de Cuba. E podem subir mais de cotação durante o Pré-Olímpico que começa nesta quinta-feira no Panamá. O Brasil estréia sexta-feira, às 23 horas (de Brasília), contra a seleção panamenha. No jogo de abertura, nesta quinta, Panamá enfrentará a Colômbia. Dos 24 jogadores, entre titulares e reservas, o Brasil tem oito ?estrangeiros? com vaga cativa no time titular. O mais festejado do momento é o arremessador Kleber Ojima, do Mitsubishi (Hiroshima), eleito pela Federação Internacional de Beisebol o melhor pitcher destro do Mundial. Norberto Rocha, do Chunichi Dragons (Nagoya) e Tiago Magalhães, do Cincinatti Reds, também foram muito elogiados nos jogos em Cuba. Outros jogadores que também atual no exterior são Marcel Viana, que defendia o segundo time do Atlanta Braves, Tiago Ojima, irmão de Kleber, do Risken (empresa japonesa), Reynaldo Sato, da Yakult do Japão, além da dupla Renan Sato e o arremessador Carlos Yoshimura que atuam pela Universidade Hakuoh, do Japão. Entre os nove titulares, há sempre seis estrangeiros na seleção brasileira. "Não há dúvida de que eles são responsáveis pelo padrão técnico mais alto do nosso time", admite Olívio Sawasato, presidente da Federação Paulista de Beisebol e chefe da delegação no Panamá. O Pré-Olímpico terá dois grupos. No A estão as seleções de Cuba, México, Canadá, Porto Rico e Bahamas. No B, Brasil, Estados Unidos, Panamá, Colômbia e Nicaraguá. Na primeira fase, apenas uma seleção de cada grupo será eliminada. As quatro restantes entrarão no mata-mata. Os dois classificados serão conhecidos no dia 9 de novembro, depois das semifinais. A final será disputada no dia 10. Na quarta-feira, o Brasil fez um jogo-treino com a Nicaraguá. O jogo teve apenas quatro entradas e parou por problemas com o juiz quando os nicaraguenses venciam por 5 a 0. Nesta quarta-feira, o Brasil treinou forte de manhã, agradando o técnico Mitsuyoshi Sato. Ele já definiu os pitchers para os três primeiros jogos. Kleber Ojima, que está com virose, só entrará no terceiro jogo, domingo, contra a Colômbia. Cláudio Yamada jogará contra o Panamá, na sexta-feira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.