Beisebol: começa a final nos EUA

Em uma temporada de recordes do beisebol, o New York Yankees e o Arizona Diamonbacks começam neste sábado, em Phoenix, a decidir a World Series, melhor-de-sete jogos entre os campeões das Ligas Americana e Nacional para indicar o melhor time profissional dos Estados Unidos. A ESPN Internacional mostra os jogos de hoje (21h30) e amanhã (22h30) ao vivo.Os Yankees têm uma tradição de 26 títulos. O D´Backs é uma equipe nova, fundada em 1998, que jamais foi finalista.Isso não impede, entretanto, que o pitcher Pete Munro, passando férias no Brasil e dando clínicas na academia da Yakult em Ibiúna, aposte no time de Arizona. Munro, 26 anos, jogador da Major League, defendeu o Texas Rangers antes de se machucar, este ano. Casado com a brasileira Samantha, especializada em hotelaria, o jogador está no País pela primeira vez.Munro e Samantha conheceram-se no Hotel Sheraton de Denver, onde o jogador estava hospedado. Das 12 propostas que estuda para 2002, Pete poderá até optar pelo time da Yakult Swallows, campeão japonês, graças aos contatos que tem mantido com dirigentes da academia em Ibiúna. As primeiras opções, entretanto, são o New York Mets, seu time do coração, o Colorado Rockies e o Atlanta Braves."Eu acreditava que o Seattle Mariners fizesse a final com o D´Backs. Seattle quebrou os principais recordes da temporada. Mas os Yankees viraram o jogo, na semifinal", diz. Para Munro, o talento de dois arremessadores do D´Backs - Randy Johnson e Curt Schilling - deve ser decisivo no confronto.Em Ibiúna, o jogador ficou impressionado com a estrutura da academia Yakult, dizendo que mesmo nos Estados Unidos poucos times têm as mesmas condições para a preparação de juvenis. "Estou ensinando muitas coisas, mas também aprendi detalhes do beisebol japonês aplicado no Brasil, que desconhecia. Isso poderá melhorar minhas atuações", diz."Munro é um pitcher com grande habilidade em bolas retas, um dos melhores com essa técnica", analisa Massah Fujimoto, diretor da Confederação Brasileira de Beisebol.

Agencia Estado,

27 de outubro de 2001 | 12h52

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.