Beisebol muda imagem para voltar ao programa olímpico

Presidente da Federação Internacional de Beisebol quer expadir esporte para Europa, África e Oriente Médio

AE-AP, Agência Estado

27 de abril de 2010 | 09h51

Riccardo Fraccari, presidente da Federação Internacional de Beisebol, prometeu que irá lutar para que o esporte volte a ser disputado nos Jogos Olímpicos. A estratégia da entidade será trabalhar para mudar a percepção de que o beisebol é um esporte apenas norte-americano.

Fraccari disse nesta terça-feira em Dubai que ele vê potencial para expandir o beisebol para partes da Europa, a África e o Oriente Médio, onde Iraque e Irã lhe procuraram para realizar investimentos locais no esporte.

Junto com a reformulação da imagem do beisebol, Fraccari afirmou que vai trabalhar em conjunto com o softbol para trazê-los de volta aos Jogos Olímpicos. Os dois esportes foram excluídos do programa olímpico após os Jogos de Pequim.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.