Bekele perde chance de bater recorde mundial dos 3 mil m

Etíope fica a 11 segundos da melhor marca da categoria, no meeting indoor que acontece na Espanha

EFE

09 de fevereiro de 2008 | 19h08

O atleta etíope Kenenisa Bekele perdeu a chance de bater o recorde mundial dos 3.000 metros na disputa do Meeting indoor de Valencia, na Espanha, ao ficar a 11 segundos da atual marca. Bekele completou a prova em 7min36s08, mais que os 7min24s90 feitos por Daniel Komen, do Quênia, em 1998. O tempo também é seis segundos aquém de sua melhor marca e fica longe do desempenho mais destacado do ano, feito por seu irmão mais novo, Tariku, em Stuttgart, na Alemanha (7min31s09, em 2 de fevereiro). Quem também não conseguiu bater a marca foi a etíope Meselech Melkamu, na categoria feminina. Ela fez 8min29s48, a pouco mais de cinco segundos dos 8min23s72 feitos por sua compatriota Meseret Defar também em Stuttgart, um dia depois da melhor marca masculina.

Tudo o que sabemos sobre:
atletismo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.