Elise Amendola/AP
Elise Amendola/AP

Bellucci encara Tsonga nos EUA

Eles jogam pela 2.ª rodada em Winston-Salem; francês foi o algoz do brasileiro na Olimpíada

O Estado de S.Paulo

21 de agosto de 2012 | 03h05

EUA, Winston-Salem - O brasileiro Thomaz Bellucci vai ter a chance de fazer uma revanche contra o francês Jo-Wilfried Tsonga, algoz dele nos Jogos de Londres. Os dois se enfrentam hoje pela segunda rodada do Aberto de Winston-Salem, nos Estados Unidos, competição em quadra sintética preparatória para o US Open, último Grand Slam do ano. A vaga do brasileiro foi garantida ontem. Ele jogava contra o cipriota Marcos Baghdatis, havia batido o rival no primeiro set (parcial de 7/5), e vencia o segundo por 3 games a 1 quando o adversário abandonou a partida, alegando dores nas costas.

Na partida, o brasileiro, que ocupa o número 40 no ranking da ATP, foi superior e mostrou consistência no fundo de quadra, além de conseguir quebrar duas vezes o saque de Baghdatis - uma em cada set.

Porém o adversário por uma das vagas nas oitavas da final promete fazer um jogo mais complicado. Tsonga é um dos cabeças de chave do torneio e por isso estreia direto na segunda rodada.

O número seis do mundo é um dos favoritos ao título e venceu de virada o único encontro com Bellucci no circuito profissional, justamente pela primeira rodada do torneio olímpico deste ano, há três semanas.

Agora, Tsonga tenta retomar a boa forma depois de ter sido eliminado logo na estreia no Masters 1000 de Toronto e de ter desistido de participar do Masters de Cincinnati, realizado na semana passada, após machucar o joelho em um choque com um hidrante de incêndio.

A segunda rodada marca a estreia de outros cabeças de chave. O atual campeão de Winston Salem, o americano John Isner, enfrenta o eslovaco Martin Klizan. O argentino David Nalbandian encara o holandês Robin Haase, que foi o protagonista da surpresa da primeira rodada, ao eliminar o russo Nikolay Davydenko por 2 sets a 0.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.