Bernard Hopkins, de 48 anos, enfrenta Tavouris Cloud em Nova York

SÃO PAULO - Bernard Hopkins já tem seu nome escrito na história do boxe. Como peso médio, detém o recorde de defesas de título, 20 ao todo, e em 2011 superou o feito de George Foreman ao se sagrar, aos 46 anos, o boxeador mais velho a ganhar um cinturão. Neste sábado, no moderníssimo ginásio no Brooklyn, em Nova York, o carismático pugilista de 48 anos vai tentar mais uma façanha: desbancar Tavouris Cloud, campeão mundial dos meio-pesados da Federação Internacional de Boxe (FIB).

Wilson Baldini Jr., O Estado de S. Paulo

09 de março de 2013 | 15h33

Como parte da propaganda do combate, Hopkins aproveitou para atacar o lendário empresário Don King, que cuida da carreira de Trout. "É bom as pessoas que trabalham com King deixarem seus currículos prontos para depois de sábado, pois terão de procurar emprego. King vai se aposentar. Trout é o último cavalo de seu estábulo. King terá de penhorar sua famosa jaqueta jeans", disparou Hopkins, que na entrevista coletiva de quinta-feira se recusou a falar, vestindo casaco de capus e bandana pretos, além de óculos escuros. Experiente, Don King preferiu não polemizar. "Eu amo Bernard. Trata-se de um excelente lutador e que sabe muito bem fazer o trabalho de promoção de suas lutas."

Sobre Cloud, Hopkins economizou críticas. "Ele é um bom sujeito, mas lhe falta experiência. Vou acabar com sua invencibilidade." Hopkins iniciou a carreira em 1988, quando Cloud tinha seis anos de idade. O campeão da FIB fez uma comparação da luta deste sábado com a de Sugar Ray Leonard e Terry Norris, em 1991. "Naquele combate só se falava de Sugar, mas o mundo acabou conhecendo Norris."

Cloud, que vai ganhar US$ 550 mil de bolsa (R$ 1,1 milhão), soma 24 vitórias, com 19 nocautes. Suas vitórias mais significativas foram diante de Glen Johnson e Clinton Woods. Hopkins, apesar de ser o desafiante, receberá US$ 750 mil (R$ 1,5 milhão). Ele tem um cartel com 52 vitórias (32 nocautes), seis derrotas e dois empates.

EXEMPLO

Em 25 anos de carreira, Hopkins defendeu por 20 vezes, em mais de dez anos, o título mundial dos médios, superando o feito do mítico argentino Carlos Monzón. "Acho que sou um bom exemplo de como um atleta pode se comportar de forma limpa, sem o uso de drogas. Só assim se alcança uma longevidade no esporte."

Hopkins é o sexto boxeador em número de lutas após os 40 anos. Veja a lista dos dez lutadores que mais atuaram nos ringues:

1 - Archie Moore - 49 vezes

2 - Sugar Ray Robinson - 44

3 - Roberto Duran - 25

4 - Larry Holmes - 24

5 - George Foreman - 20

6 - Bernard Hopkins - 12

7 - Bob Fitzsimmons - 11

8 - Willie Pep - 10

9 - Evander Holyfield - 9

10 - Glen Johnson - 9

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.