Bernardinho aponta os favoritos ao lado da seleção

Bulgária, Cuba, Estados Unidos, Itália, Polônia, Rússia e Sérvia. Para o técnico da seleção brasileira masculina de vôlei, Bernardinho, as seleções acima são as principais adversárias do Brasil na luta pelo título mundial.

, O Estado de S.Paulo

25 de setembro de 2010 | 00h00

Para o treinador, os Estados Unidos, atuais campeões olímpicos, têm como forte a experiência, enquanto Cuba se destaca pela força física. A Itália, como anfitriã, é perigosa, assim como a Bulgária que "em dia bom pode ganhar de qualquer equipe do primeiro escalão".

A Rússia, segundo Bernardinho, tem "um potencial absurdo" e a Sérvia recebeu reforços após o terceiro lugar na Liga Mundial. A Polônia merece respeito por ser a atual campeã europeia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.