Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Bernardinho não dá moleza para seleção

"Muita água mata a planta! Do descanso nasce o craque. Ass. Sindicato dos Jogadores". Essa frase foi afixada na parede do ginásio de treino da seleção brasileira masculina de vôlei, em Saquarema (RJ). E, apesar de ser uma brincadeira dos jogadores do grupo, mostra o quanto o técnico Bernardinho está exigindo deles nos treinamentos."Os treinos estavam fortes e a gente queria folga. Aí, fizemos essa brincadeira", explicou Giba, um dos líderes da seleção.Depois de conquistar o título da Liga Mundial, no último dia 10, a seleção masculina já treina forte para disputar a Copa América, a partir do dia 3 de agosto, em São Leopoldo (RS). Os adversários brasileiros neste torneio serão Estados Unidos, Cuba, Venezuela, Argentina e Canadá."Os jogadores não podem imaginar que isso (ganhar a Liga Mundial) é suficiente. O Brasil teve seus méritos na conquista, mas as outras equipes também tiveram inconsistências. Espero que isso não os iluda", alertou Bernardinho.O treinador também garantiu que não está incomodado com o "oba-oba" pelas sucessivas vitórias do vôlei brasileiro. Para ele, o importante é que os jogadores não demonstraram estar "contaminados? com esse clima e, segundo Bernardinho, eles estão provando isso nos treinamentos."Acho que precisamos de mais. Quando ganhamos um título, a gente ganha fica feliz por uma noite, mas já temos que pensar nos outros dias", revelou Bernardinho. A seleção ficará no Centro de Treinamento de Saquarema até sexta-feira, quando ganham uma folga. E a viagem para São Leopoldo acontece no domingo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.