Bernardinho: técnicos são só elogios

A conquista do tricampeonato da Liga Mundial pela seleção brasileira masculina de vôlei no domingo, em Madri, mostrou mais uma vez a eficiência do técnico Bernardo Rezende: oito medalhas de ouro em dez competições, com duas de prata. Técnicos conceituados como José Roberto Guimarães e Carlos Alberto Castanheira, o Cebola, são só elogios para Bernardinho e seus jogadores.Leia mais no Jornal da Tarde

Agencia Estado,

15 de julho de 2003 | 09h20

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.