Alê Cabra/ CPB
Alê Cabra/ CPB

Beth Gomes e Petrúcio Ferreira são os vencedores do Prêmio Paralímpicos

Cerimônia foi realizada na noite desta terça-feira em São Paulo e premiou principais destaques da temporada

Redação, O Estado de S.Paulo

17 de dezembro de 2019 | 23h15

Em cerimônia realizada nesta terça-feira, em São Paulo, o Comitê Paralímpico Brasileiro entregou o Prêmio Paralímpico para os melhores do ano. Os grandes vencedores foram Beth Gomes, do arremesso de disco, e o velocista Petrúcio Ferreira. 

"Este ano foi muito especial. Não arredamos um milímetro do trilho estabelecido no nosso plano estratégico lá em 2017, que inverteu a lógica do esporte paralímpico. Hoje, o CPB vai até as pessoas com deficiência, e não as pessoas com deficiência vão até o CPB", disse Mizael Conrado presidente do CPB, que entregou os troféus de melhores do ano por gênero.

Destaque feminino, Beth Gomes foi ouro no Mundial de Atletismo de Dubai, nos Emirados Árabes, quando bateu o recorde mundial do arremesso de disco, e nos Jogos Parapan-Americanos de Lima. "É muita gratidão estar aqui nesse palco, dividindo esse prêmio tão sonhado por todos. Não é só meu, é de todos os atletas que aqui estão", disse a santista de 54 anos.  

Petrúcio Ferreira, que faturou o prêmio no masculino, subiu no lugar mais alto do pódio nos 100m (com recorde mundial) e nos 400m no Mundial em Dubai, além de ter conquistado ouro nos 100m e 400m e prata no revezamento 4x100m no Parapan de Lima.

"Foi um ano excepcional para mim, com ótimos resultados, objetivos alcançados, então foi só alegria em 2019. O próximo capítulo será voltar aos treinos, focando em Tóquio 2020 e a meta é subir um pouco mais alto no pódio", disse o atleta que compete no atletismo pela classe T47 (amputados de braço).

A judoca Alana Maldonado ficou com o prêmio de Atleta da Galera, com 35% dos votos. Já Wendell Belarmino foi escolhido como a revelação do ano. O nadador participou pela primeira vez de um Parapan e de um Mundial, faturando nove medalhas (quatro ouros e duas pratas em Lima e um ouro, uma prata e um bronze em Londres).

Confira os vencedores por modalidade:

Atletismo - Petrúcio Ferreira

Basquete em CR - Vileide Almeida

Bocha - Maciel Santos

Canoagem - Luis Carlos Cardoso

Ciclismo - Lauro Chaman

Esgrima em CR - Jovane Guissone

Esportes de Neve - Cristian Ribera

Futebol de 5 - Raimundo Nonato

Futebol de 7 - Bira Mgalhães

Goalball - Leomon Moreno

Halterofilismo - Mariana D’Andrea

Hipismo - Rodolpho Riskala

Judô - Meg Emmerich

Natação - Carol Santiago

Parabadminton - Vitor Tavares

Parataekwondo - Débora Menezes

Remo - Renê Pereira

Rúbgi em CR - Julio Braz

Tênis de Mesa - Paulo Salmin

Tênis em CR - Daniel Rodrigues

Tiro Esportivo - Alexandre Galgani

Tiro com arco - Jane Karla Gögel

Triatlo - Carlos Viana

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.