Bia reforça Osasco nas finais da Superliga

A atacante Bia está de volta à boa forma e ao Finasa/Osasco, justamente na disputa da fase decisiva da Superliga Feminina de Vôlei, após um afastamento causado por uma contusão no dedo mínimo da mão direita. Os playoffs da Superliga serão definidos em melhor-de-três jogos. O time paulista do técnico José Roberto Guimarães estréia nas quartas-de-final neste sábado, contra o Macaé Sports, às 14 horas, no Ginásio Professor José Liberatti, em Osasco (com SporTV). A equipe está invicta após 18 jogos. O técnico Zé Roberto acha que Bia melhorou muito nas últimas partidas e ganhou ritmo de jogo. ?Vem crescendo e está ajudando muito a equipe. Isso é importante para o time que vai começar as quartas-de-final.? A atacante, de 32 anos, que foi a melhor jogadora da Superliga de 2002/2003, tem a receita para a equipe seguir invicta: ritmo forte e consciência de que haverão dificuldades muitas dificuldades, mas no fim a recompensa poderá ser o bicampeonato brasileiro. ?Se passarmos para a semifinal, a disputa será em melhor-de-cinco partidas. Por isso, temos de estar em boas condições físicas. A parte emocional também será importante para sempre jogar com muita concentração.? Bia, que jogou no Macaé, destaca que o time fluminense tem bom conjunto e é bem dirigido pelo técnico Airton Nascimento. Os outros confrontos das quartas-de-final da Superliga, vão reunir Brasil Telecom/Força Olímpica x MRV/Minas, Pinheiros/Blue Life x Açúcar União/São Caetano e Rexona-Ades x Automóvel Clube/Campos, os três às 17 horas.

Agencia Estado,

18 de março de 2004 | 19h21

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.