Gary Hershorn/Reuters
Gary Hershorn/Reuters

AO VIVO

AeroFla: acompanhe o embarque do Flamengo para a disputa do Mundial de Clubes

Bicampeã olímpica dos 200 m, Veronica Campbell-Brown cai no doping

Velocista jamaicana está suspensa provisoriamente por falha em teste que indicou o uso de diurético

AE, Agência Estado

18 de junho de 2013 | 17h56

KINGSTON - Uma das maiores estrelas do atletismo mundial da atualidade, Veronica Campbell-Brown foi suspensa preventivamente pela Federação Jamaicana de Atletismo nesta terça-feira por ter sido reprovada em um exame antidoping. No sábado a entidade já havia confirmado um caso de doping entre seus atletas, sem revelar de qual corredor.

A denúncia foi feita pelo jornal The Gleaner, que acusou pontualmente a bicampeã olímpica dos 200 m de ter testado positivo para um diurético durante o Jamaica Invitational, realizado em 4 de maio. Nesta terça, a Federação Jamaicana confirmou o caso, mas não deu detalhes, sem precisar qual a substância proibida encontrada no corpo da velocista nem quando ela foi testada.

Ainda segundo a entidade máxima do atletismo jamaicano, Campbell-Brown se retirou voluntariamente das competições e aceitou a suspensão preventiva imposta pela IAAF (Associação Internacional das Federações de Atletismo) enquanto não é julgada pelo painel.

Veronica Campbell-Brown tem 30 anos e tem como melhor marca pessoal nos 200m os 21s78 que fez quando ganhou o ouro nos Jogos de Pequim, em 2008. Ela depois repetiria a conquista em Londres, no ano passado. Na última Olimpíada ela também ganhou bronze nos 100m e prata no revezamento 4x100m, chegando a sete medalhas olímpicas na sua coleção.

Em Mundiais são nove medalhas, sendo duas de ouro e as restantes de prata, além de dois títulos mundiais de 60m em pista coberta.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.