Reprodução / Twitter
Reprodução / Twitter

Bicampeão brasileiro de surfe, Leo Neves tem mal súbito e morre durante competição

O surfista tinha 40 anos e atuava como treinador do esporte nos últimos anos

Redação, Estadão Conteúdo

24 de novembro de 2019 | 17h19

Leo Neves, surfista de 40 anos que já venceu duas vezes a principal competição brasileira do esporte, faleceu na tarde deste domingo em Saquarema (RJ), durante a tríplice coroa, competição na praia de Itaúna. Neves teve um mal súbito e se afogou. Depois, foi resgatado, mas as tentativas de reanimá-lo não deram certo.

De acordo com as pessoas que estavam no local, o mar estava agitado, com algumas séries de ondas pesadas. No entanto, Neves era experiente e acostumado a lidar com situações do tipo.

Outros surfistas que estavam na praia de Itaúna confirmaram a morte de Neves, como Ronaldo Monteiro, locutor dos eventos da WSL no Brasil. O atleta nasceu no Rio de Janeiro, mas vivia em Saquarema.

Neves venceu duas vezes o SuperSurf, principal torneio brasileiro da modalidade, em 2002 e 2003. Ele disputou o QS, uma espécie de divisão de acesso mundial para a WSL, por 15 anos, e a Championship Tour, elite do esporte, em duas temporadas. Nos últimos anos, vinha atuando como treinador em Saquarema, para jovens, amadores e profissionais.

Tudo o que sabemos sobre:
surfeLeo Neves

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.