Bimba cai para segundo na Mistral

Ricardo Winnicki, o Bimba, está em segundo lugar na classe Mistral, em Agios Kostas, com 27 pontos perdidos. O líder por enquanto é o israelense Gal Fridman, que tem pontuação igual, mas venceu mais regatas - duas contra uma do brasileiro. Hoje, Bimba ficou em sétimo lugar na primeira prova e foi o número dois na segunda disputa. Fridman terminou em quinto e primeiro, respectivamente. Pelo critério de desempate, ultrapassou o brasileiro, que detinha a frente ontem. Bimba saiu da água satisfeito com seu resultado e vai aproveitar a folga de amanhã para analisar os adversários e pensar em táticas para as próximas regatas. Faltam três provas para o término da disputa. No primeiro dia da classe Star, Torben Grael e Marcelo Ferreira conseguiram um quinto e um quarto lugar. Estão em segundo na classificação geral por enquanto. Os líderes são os americanos Paul Cayard e Phil Trinter, com a dupla suíça Flavio Marazzi e Enrico de Maria na terceira colocação. Os brasileiros perderam nove pontos, contra os sete dos velejadores dos Estados Unidos. Os suíços perderam 11 pontos nas primeiras regatas. O Brasil também iniciou sua participação na classe Tornado, com Maurício Santa Cruz e João Carlos Jordão, que terminaram em 13.º e 17.º suas regatas. Eles estão em 16.º no ranking geral. Ouro - As meninas de ouro da Grécia, como estão sendo chamadas Sofia Bekatorou e Aimilia Tsoulfa, campeãs antecipadas da classe 470 feminina, nem entraram na água, ficando a prata para as espanholas Sandra Azón e Dufresne Via e o bronze para as suecas Therese Torgersson e Vendela Zachrisson. Na 470 masculina, o ouro ficou com os norte-americanos Paul Foerster e Kevin Burnham, a prata com os britânicos Nick Rogers e Joe Glandfield, e o bronze com os japoneses Kazuto Seki e Kenjiro Todoroki. Na classe Finn, também foi definido o campeão hoje: o inglês Bem Ainslie, que havia tirado o ouro do brasileiro Robert Scheidt em Sydney/2000, quando ainda corria na Laser. Prata e bronze ficaram para o espanhol Rafael Trujillo e o polonês Mateusz Kusznierewicz. Na Yngling, da qual o Brasil não participou, as medalhas ficaram com as britânicas Shirley Robertson, Sarah Webb e Sarah Ayton; a prata com as ucranianas Ruslana Taran, Ganna Kalinina e Svitlana Matevusheva, e o bronze com das dinamarquesas Dorte Jensen, Helle Jespersen e Christina Otzen. Descansaram hoje as classes Laser, do brasileiro Robert Scheidt, que está na liderança, e a 49er., de André Bochecha Fonseca e Rodrigo Duarte, que ocupam o quinto lugar geral.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.