Bimba fica fora da medal race no Mundial de Vela em Santander

Bimba fica fora da medal race no Mundial de Vela em Santander

Brasileiro não consegue lugar entre os dez melhores do campeonato e encerra competição em 15° posição no Mundial de Vela 

Estadão Conteúdo

18 de setembro de 2014 | 15h57

Ainda não foi desta vez que Ricardo Winicki, o Bimba, encerrou a sina de não conseguir confirmar seu favoritismo nas grandes competições. Líder do ranking mundial da classe RS:X ele não conseguiu sequer avançar à medal race entre os 10 primeiros do Mundial de Vela de Santander (Espanha).

Nesta quinta-feira foi realizada a última regata da fase de classificação e Bimba, que chegou a se colocar entre os primeiros na abertura do Mundial, encerrou a competição no 15.º lugar, com 131 pontos perdidos, longe do 10.º colocado (que teve 92 pontos perdidos). Albert de Carvalho foi 43.º e Gabriel Bastos terminou no 71.º lugar entre 98 windsurfistas.

Aproveitando os ventos fortes, a RS:X realizou três regatas nesta quinta-feira, para fechar a fase de classificação. Patricia Freitas foi mal, com um 25.º e dois 20.º lugares. Assim, caiu da zona de classificação para a medal race para a 14.ª colocação final. Bruna Martinelli foi a 31.ª.

O único barco com chance de medalha para o Brasil em Santander é de Martine Grael e Kahena Kunze, que ocupam o terceiro lugar na 49erFX, com 10 pontos perdidos. As brasileiras lideram o ranking mundial. Na 470 Feminina, Fernanda Oliveira e Ana Luiza Barbachan estão em nono após oito de 10 regatas previstas até a medal race. São 25 pontos para a zona de medalha.

Tudo o que sabemos sobre:
velaMundial de Vela

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.