Bimba garante presença na Olimpíada de Pequim

Velejador brasileiro vence disputa com Albert Carvalho na classe RS:X masculino; três classes seguem indefinidas

Agência Estado,

11 de fevereiro de 2008 | 19h48

A Seletiva Olímpica, que se realiza na Baía de Guanabara, conheceu mais um representante do Brasil nos Jogos Olímpicos de Pequim. Na classe RS:X masculino, ou prancha a vela, Ricardo Winicki, o Bimba, e Albert Carvalho, seu único concorrente, entraram em acordo para que Bimba fosse declarado vencedor da seletiva. Albert tem apenas 18 anos, é aluno do velejador em um projeto social em Búzios e competia com equipamentos cedidos pelo professor e adversário. Agora, os dois continuam a velejar apenas com propósitos de treinamento. Será a segunda olimpíada de Bimba, que ficou em quarto lugar em Atenas/2004 - liderava a disputa antes da última regata, mas foi mal na hora decisiva e acabou perdendo a chance de voltar com medalha. Com isso, apenas três classes seguem indefinidas. Na Star, Lars Grael e Marcelo Jordão venceram as duas regatas do dia e assumiram a liderança da seletiva. Duas vezes medalhista olímpico na classe Tornado, Lars soma 11 pontos perdidos em seis regatas, contra 13 dos atuais campeões mundiais Robert Scheidt e Bruno Prada.  "O dia foi muito bom para a gente, com vento fraco. As mesmas condições de Qingdao (sede das provas de velas na Olimpíada)", comemorou Lars. "Cometemos um erro aqui e ali, o que nos colocou em situação difícil. Enfim, vamos ter de velejar contra o prejuízo", reclamou Scheidt. Na classe Finn, a liderança é de Eduardo Couto, com 12 pontos perdidos. O segundo colocado é Jorge João Zariff, com 15. Na prancha a vela feminina, Patrícia Freitas puxa a fila, com 9 pontos. Ela venceu as duas provas do dia e aumentou sua vantagem para cinco pontos sobre a irmã Catarina, segunda colocada com 14 pontos. A rival Patrícia Castro soma 17.

Tudo o que sabemos sobre:
VelaBimbaPequim 2008

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.