Nilton Fukuda/Estadão
Nilton Fukuda/Estadão

Bimba garante vaga na Olimpíada e Scheidt leva título

Principal nome da vela brasileira faturou o título da classe Laser na Copa Brasil de Vela enquanto Winicki irá para a RS:X no Rio

Estadão Conteúdo

20 de dezembro de 2014 | 21h33

Ricardo ''Bimba'' Winicki confirmou, neste sábado, a sua vaga nos Jogos Olímpicos de 2016, no Rio. Após fechar participação na Copa Brasil de Vela, na raia olímpica da Baía de Guanabara, com na quarta posição, ele teve seu nome anunciado pela CBVela (Confederação Brasileira de Vela) como representante do Brasil na classe RS:X da Olimpíada. 

Atual vice-líder do ranking mundial da Federação Internacional de Iatismo (ISAF), Bimba disputará pela quinta vez uma Olimpíada, após ter competidos nos Jogos de Sydney/2000, Atenas/2004, Pequim/2008 e Londres/2012.

"Sabia que ia ser muito difícil, perdi o terceiro lugar por um ponto, mas fico feliz porque o Brasil foi o terceiro país na competição, dos quatro primeiros colocados em Londres-2012, só perdi para um, cheguei à frente do campeão olímpico e do atual vice do Mundial... Estou feliz com o resultado, foi uma boa semana, um campeonato de nível altíssimo, ainda mais com a notícia da vaga para os Jogos do Rio. Era o meu objetivo, poder disputar mais uma vez as Olimpíadas, competir no meu país, motivo para treinar mais forte, entrar 2015 confiante", ressaltou Bimba, ao comentar a sua participação na competição que contou com a presença de alguns dos principais atletas do mundo na vela, como o britânico Nick Dempsey (vice-campeão olímpico 2012), os poloneses Pawel Tarnowski e Piort Myszka (campeão europeu), o holandês Dorian Van Rijsselberge (campeão olímpico), o israelense Nimrod Mashiah (vice-campeão mundial), o alemão Toni Wilheim (quarto colocado em Londres-2012) e o espanhol Iván Pastor.

Dempsey acabou ficando com o título do evento nesta classe RS:X, seguido por Tarnowski e Myszka, respectivos segundo e terceiro colocados. Já Van Rijsselberge, ouro nos Jogos de 2012, ficou em quinto lugar, enquanto Mashiah terminou na sexta colocação, Wilheim na oitava e Pastor na 12ª.

SCHEIDT CAMPEÃO

Já Robert Scheidt, bicampeão olímpico que é o grande nome da vela nacional, faturou o título da classe Laser na Copa Brasil de Vela ao triunfar a disputa que aconteceu na praia de São Francisco, em Niterói, também neste sábado.

O brasileiro ficou com o terceiro lugar na medal race da Laser, resultado suficiente para assegurar o seu segundo título da competição neste ano. Bruno Fontes ficou com a medalha de prata e o holandês Rutger Van Schaardenburg completou o pódio.

"Tivemos um longo tempo de espera, porque a nossa regata era a última do dia, e o vento demorou a entrar. Foi mais um dia difícil, desgastante. Mas velejei bem e consegui arrancar um terceiro lugar", comemorou Scheidt, dono de cinco medalhas olímpicas (dois ouros, duas pratas e um bronze) e 14 títulos mundiais, entre as classes Laser e Star.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.