Blake volta a brilhar e fatura 2 ouros na Diamond League

Atual campeão mundial, o jamaicano Yohan Blake confirmou a excelente fase nesta quinta-feira. Uma semana depois de faturar dois ouros em Daegu, nos 100m e nos 4x100m, o jovem de 21 anos repetiu a dose na etapa de Zurique da Diamond League, com direito a melhor tempo da vida na prova individual.

AE, Agência Estado

08 de setembro de 2011 | 17h32

Blake ignorou o favoritismo de Asafa Power, que voltou a competir após sentir lesão no Mundial, e venceu os 100 metros com 9s82, o quarto melhor tempo do ano na prova. Asafa ficou com a prata, com 9s95, resultado suficiente para lhe dar o título da Diamond League. O bronze foi de Walter Dix, dos EUA, que cravou 10s04.

Pouco depois, todos voltaram à pista em Zurique para a disputa do 4x100m. Assim como em Daegu, a vitória foi jamaicana, com o tempo de 38s31, bastante acima dos 37s04 que deram à Jamaica o título e o recorde mundial no domingo passado. A Grã-Bretanha liderou a prova até a terceira passagem de bastão, quando Blake voltou a ser decisivo, tirou grande vantagem na reta e faturou mais um ouro. A Suíça ficou em terceiro e os EUA apenas em quarto.

Outra a brilhar em Zurique nesta quinta-feira foi Carmelita Jeter. Vice-campeã mundial nos 200m, ela venceu esta prova na Suíça com o tempo de 22s27 para ficar com o ouro na etapa e o título da Diamond League.

Eliminado do Mundial por atrapalhar o chinês Xiang Liu, o cubano Dayron Robles deu a volta por cima nesta quinta-feira e, com seu melhor tempo do ano (13s01), venceu os 110m com barreiras, faturando também o título da Diamond League.

Tudo o que sabemos sobre:
atletismoYohan BlakDiamond League

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.