Bolaños faz três e o Inter volta a vencer

Equatoriano marca todos os gols na vitória sobre o Coritiba, no beira-rio

Fábio Hecico, PORTO ALEGRE, O Estadao de S.Paulo

29 de junho de 2009 | 00h00

O Internacional, enfim, voltou a vencer. Apontado como o melhor time do Brasil, não comemorava um triunfo havia seis jogos - estava em jejum no mês de junho. Com show do equatoriano Bolaños, autor dos três gols, fez 3 a 0 sobre o Coritiba e vai embalado para cima do Corinthians, quarta-feira, na decisão da Copa do Brasil, já que se repetir esse resultado ergue a taça.E na decisão, os titulares voltam. Ontem, Tite poupou a equipe considerada ideal e viu o Inter passar sufoco na etapa inicial, com boas arrancadas de Marcelinho Paraíba e Marcos Aurélio, que carimbou a trave.O time levou o 0 a 0 para o vestiário e Tite teve de explicar o esquema defensivo 3-5-2 utilizado pela primeira vez no ano. Garantiu que a postura não seria defensiva e a resposta veio num bom segundo tempo.Bolaños, que ainda não havia marcado gols no Brasil - defendeu o Santos e desde abril estava no Inter -, mostrou o motivo pelo qual encantou defendendo as cores da LDU em 2007.Em 10 minutos, acabou com o jejum de gols e de vitórias. Aos 18 acertou o canto, aos 24 só teve o trabalho de escorar a boa jogada de Alecsandro e, aos 28, aproveitou o rebote. No fim, gritos de "olé" e de "Segunda Divisão" para os rivais, que perderam a paciência e apelaram para a violência.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.