Boldon é pego em exame antidoping

Ato Boldon, de Trinidad e Tobago, medalha de prata nos 100 metros e bronze nos 200, na Olimpíada de Sydney, deu positivo para a substância proibida efedrina, em exame antidoping feito pela Federação Internacional (Iaaf), em competição na California (Estados Unidos), em maio. O secretário geral da Iaaf, Istvan Gyulai, explica que para o uso de estimulantes, a punição é uma advertência e a anulação do resultado daquela competição. Boldon não disputará a final do Grand Prix da Iaaf, amanhã, em Melbourne.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.