Boliviana é desclassificada da marcha atlética e perde a prata

Comitê Olímpico Boliviano entra com recurso, mas punição é mantida

22 de julho de 2007 | 22h41

A comemoração da prata pela boliviana Geovana Irusta, conquistada na marcha atlética 20 km, deu lugar para a decepção, já que o Comitê Organizador dos XV Jogos Pan-Americanos desclassificou a atleta, que teria cometido três faltas durante a prova.   Veja também:  O quadro de medalhas Os detalhes das modalidades em disputa    O Comitê Olímpico Boliviano entrou com um recurso junto ao júri de apelação do Atletismo, mas a decisão foi mantida com a constatação das infrações cometidas pela atleta. Com isso, a medalha de prata fica com a equatoriana Mirian Elitsave Ramon, com o tempo de 1h41min47s, enquanto o bronze agora pertence à mexicana Maria Esther Sanchez Coyote.

Tudo o que sabemos sobre:
marcha atléticaPan 2007

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.