Greg Baker/ AFP
Greg Baker/ AFP

Bolt avança nos 100m com 5º melhor tempo; Gatlin é o mais rápido

Jamaicano termina 1 centésimo à frente do americano Mike Rodgers

Estadão Conteúdo

22 Agosto 2015 | 09h37

Um dos maiores velocistas de todos os tempos, o jamaicano Usain Bolt confirmou os prognósticos e garantiu vaga nas semifinais dos 100m do Mundial de Pequim sem qualquer dificuldade. Ele venceu sua bateria, a última desta primeira fase eliminatória de sábado, com tranquilidade, com o tempo de 9,96s.

Bolt largou na raia seis, seguido de perto pelo norte-americano Mike Rodgers na raia sete. Na metade da prova, no entanto, a liderança do jamaicano já estava garantida e ele, então, passou a administrar. Com seu estilo de passadas largas e peito estufado, diminuiu o ritmo, mas ainda assim terminou na frente, um centésimo à frente de Rodgers.

A marca de 9,96s garantiu o quinto melhor tempo do dia a Bolt, que buscava mostrar serviço depois de dúvidas levantadas sobre seu estado físico. O jamaicano vinha de uma temporada para esquecer em 2014, justamente por conta de uma série de lesões, e ainda não havia tido um grande desafio em 2015. Apesar de não ter sido o mais rápido, mostrou neste sábado estar em plena forma.

A boa marca de Bolt, no entanto, não foi páreo para desbancar o veterano Justin Gatlin. O norte-americano de 33 anos foi o mais rápido das eliminatórias ao cravar a marca de 9,83s na sexta e penúltima bateria. Gatlin é considerado um dos principais favoritos a desbancar o jamaicano na prova mais veloz do atletismo.

Outro que tenta bater Bolt é seu compatriota Asafa Powell, que também garantiu vaga nas semifinais ao vencer a primeira bateria com o tempo de 9,95s. O norte-americano Tyson Gay esteve longe de seu melhor tempo, mas fez o suficiente para ser o primeiro de sua bateria com a marca de 10,11s, também se garantindo na fase seguinte.

Para delírio da torcida, o chinês Bingtian Su avançou com a marca de 10,03s. Além dos já citados, outros cinco atletas se classificaram com marcas abaixo dos dez segundos: os norte-americanos Trayvon Bromell (9,91s) e Mike Rodgers (9,97s), o francês Jimmy Vicaut (9,92s), o canadense Andre de Grasse (9,99s) e o catariano Femi Ogunode (9,99s).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.