Bernd Thissen/Efe
Bernd Thissen/Efe

Bolt e equipe jamaicana ficam com bastão de revezamento vencedor

O bastão foi usado na prova de revezamento 4x100m rasos

Keith Weir, Reuters

12 de agosto de 2012 | 17h19

O velocista jamaicano Usain Bolt terá um souvenir extra além das suas três medalhas de ouro para levar dos Jogos Olímpicos de Londres: o bastão usado pela equipe de revezamento 4x100 m rasos da Jamaica, que derrotou os EUA com direito a quebra do recorde mundial.

Bolt tentou ficar com o bastão depois de correr a última perna do revezamento no sábado, mas foi obrigado a devolver o objeto para um árbitro, ainda na pista.

O incidente causou vaias das 80 mil pessoas que estavam no Estádio Olímpico celebrando o feito do vencedor dos 100 m e 200 m rasos, que acabara de repetir seu desempenho dos Jogos de Pequim, em 2008.

Os organizadores eventualmente cederam depois da prova.

"O time jamaicano pediu para ficar com o bastão, e o objeto foi entregue para que eles o levassem para casa", disse uma porta-voz de Londres 2012.

Os organizadores estão levando a leilão itens usados nos Jogos para contribuir no pagamento dos custos de organização das Olimpíadas.

O bastão usado nas semifinais do revezamento, por um dos países que ganharam medalha, conseguiu arrecadar cerca de 3.000 dólares em um leilão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.