Bolt, em busca de novos desafios

Velocista pode incluir mais uma prova em sua programação de 2010

, O Estadao de S.Paulo

14 de setembro de 2009 | 00h00

Usain Bolt terminou o ano como começou: vencendo. A conquista do primeiro lugar na decisão dos 200 metros da final do Campeonato Mundial de Atletismo em Tessalonica, na Grécia, com o tempo de 19s68, encerrou uma temporada invicta e praticamente perfeita. Só faltou um novo recorde mundial no revezamento 4 x 100 m do Mundial de Berlim. "Para ser honesto, não espero nada. Exceto ir para casa, dormir um pouco e relaxar", disse.

Na última corrida da temporada, Bolt manteve grande vantagem sobre os adversários, o que tornou possível poupar forças nos metros finais. No entanto, o jamaicano garantiu que foi espontâneo. "Não foi de propósito. Estava um pouco cansado, correndo esgotado e esse era a energia que me restava."

Em 2008, Bolt ganhou a medalha de ouro olímpica nos 100 m e nos 200 m, além do revezamento 4 x 100 m, estabelecendo a melhor marca de todos os tempos nas três provas. Este ano, no Mundial de Berlim, o jamaicano venceu as mesmas três disputas, mas obteve "apenas" dois novos recordes - falhou no revezamento 4 x 100 m. "Só estou feliz porque esta temporada terminou, fiz tudo certo e não tive lesões", concluiu.

O ano de 2010 promete ser o da diversidade para o velocista. Bolt já cogita participar de provas de 400 metros ou salto em distância. "Ainda não falei com meu treinador ou meu agente sobre o que faremos no ano que vem...Ainda que, definitivamente, prefira o salto em distância."

DESAFIO ACEITO

O americano Dwight Phillips, campeão mundial do salto em distância, diz não estar preocupado com a intenção do rei da velocidade. "Não tenho nada que temer", disse o saltador logo após perder a final para o australiano Fabrice Lapierre (marcas de 8,24 m contra 8,33 m, respectivamente). "Ganhei tudo. Assim, deixem que venha."

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.