Yann Coatsaliou/AFP
Yann Coatsaliou/AFP

Bolt faz sua melhor marca do ano nos 100m e ganha etapa da Diamond League

Jamaicano corre percurso abaixo dos 10 segundos na prova em Mônaco

Estadão Conteúdo

21 de julho de 2017 | 17h14

Usain Bolt não chegou a brilhar nesta sexta-feira. Ainda assim, o velocista jamaicano fez uma prova relativamente tranquila, correu os 100 metros abaixo dos 10 segundos pela primeira vez no ano e venceu a etapa de Mônaco da Diamond League.

Para obter mais uma medalha de ouro em sua histórica e vitoriosa carreira, Usain Bolt fechou a prova com o tempo de 9s95, deixando para trás o norte-americano Isiah Young, com 9s98. O sul-africano Akani Simbine completou o pódio ao marcar 10s02.

Como de costume, o jamaicano não teve nesta sexta-feira uma grande largada, mas se recuperou no arranque e assumiu a liderança ainda no início. Ainda deu tempo para, no terço final da prova, diminuir o ritmo e vencer com certa segurança.

Mesmo com a "travada" nos últimos metros, Usain Bolt fechou com um tempo abaixo dos 10 segundos e fez a sua melhor marca do ano nos 100 metros - a melhor anterior era de 10s03.

Esta foi a última prova do atleta jamaicano antes do Mundial de Atletismo, que ocorrerá entre 5 e 13 de agosto, em Londres, e será a competição derradeira de sua carreira. Lá, ele disputará os 100 metros e o revezamento 4x100 metros - anunciou nesta semana que não disputará os 200 metros, a sua prova preferida.

Detentor do recorde mundial dos 100 metros e dos 200 metros, Usain Bolt conquistou na pista nove medalhas de ouro olímpicas, mas uma delas - do revezamento 4x100 metros em Pequim-2008 - foi cassada devido ao doping de seu compatriota Nesta Carter. O jamaicano ainda tem outras 11 douradas em Mundiais.

Tudo o que sabemos sobre:
atletismoMônacoUsain Bolt

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.