Bolt minimiza tempo ruim na eliminatória dos 200 metros

Usain Bolt venceu com facilidade a sua bateria eliminatória nos 200 metros. Mas o tempo que apareceu no cronômetro assustou: 20s66, a 21ª pior marca entre os 24 classificados para a semifinal dos 200 metros do Mundial de Moscou. Como justificativa para o resultado, Bolt, de bom humor, colocou a culpa no horário da competição, às 11h10 locais, 4h10 de Brasília. "Não sou uma pessoa matutina". A semifinal será disputada ainda nesta sexta, às 12h40 (de Brasília), 19h40 em Moscou. A final será no sábado, às 13h05.

AMANDA ROMANELLI, Agência Estado

16 de agosto de 2013 | 07h28

"Eu estava me sentindo bem, está tudo ok. Mas é que eu não sou uma pessoa matutina. A corrida estava fácil e eu estou tentando passar pelas sessões da manhã o mais tranquilamente possível", garantiu. O jamaicano, que busca o inédito tricampeonato da prova, disse que fez tratamentos nos pés, após sentir dores durante os 100 metros. "Eles estão melhores, tenho trabalhado nisso nos últimos quatro dias."

Medalha de bronze na Olimpíada de Londres, Warren Weir fez o terceiro melhor tempo da classificação, com 20s34. "Mas isso não quer dizer nada se eu não estiver na final. Foi uma boa prova, depois de ficar esperando por tanto tempo (para competir). Estava ansioso para correr. Fiquei feliz de ter feito o meu papel."

O americano Curtis Mitchell, também um dos candidatos ao pódio, foi o quinto melhor, com 20s37. "Estou feliz de chegar à semifinal com a minha corrida. A gente nunca sabe como vai ser a primeira corrida em um campeonato."

Tudo o que sabemos sobre:
atletismoMundial de MoscouBolt

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.