Jeon Heon-Kyun/EFE
Jeon Heon-Kyun/EFE

Bolt queima largada e é eliminado na final dos 100m

Sem o recordista mundial, o também jamaicano Yohan Blake fica com a medalha de ouro

AE, Agência Estado

28 de agosto de 2011 | 09h25

DAEGU - Grande favorito ao bicampeonato, Usain Bolt decepcionou a torcida neste domingo. O jamaicano, recordista mundial, queimou a largada na final dos 100 metros e foi eliminado da disputa no Mundial de Daegu, na Coreia do Sul.

Sem Bolt, o também jamaicano Yohan Blake ficou com a medalha de ouro, com o tempo de 9s92. O americano Walter Dix faturou a prata, com 10s08, seguido de Kim Collins, das Ilhas São Cristóvão e Neves, com 10s09. O tempo de Blake é apenas o 18º melhor da atual temporada.

Protagonista da maior decepção do ano no atletismo, Bolt reconheceu o erro na largada logo ao ouvir o sinal da direção de prova. Ele tirou a camisa e escondeu o rosto antes de mostrar revolta com sua falha.

A reação contrastou com a sua festa na semifinal, quando marcou o tempo de 10s05 e empolgou as arquibancadas. A vitória era quase certa já que Bolt não enfrentaria nenhum dos seus principais rivais, Asafa Powell e Tyson Gay, fora do torneio por conta de lesões.

A queimada na decisão foi um balde de água fria na expectativa da torcida, que apostava em novo recorde mundial do campeão dos 100 e 200 metros na última edição do campeonato, em 2009. Sem medalha, Bolt concentrará suas atenções agora na disputa dos 200 metros, prova na qual também é o recordista e campeão mundial e campeão olímpico.

Tudo o que sabemos sobre:
atletismoMundialUsain Bolt

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.