Felipe Dana/AP
Felipe Dana/AP

Bolt vence desafio, mas não empolga torcida; Alan Fonteles desiste

Jamaicano leva troféu com modesto tempo de 10s12 nos 100 metros

Estadão Conteúdo

19 de abril de 2015 | 12h40

Estrela principal do desafio Mano a Mano, Usain Bolt foi o mais rápido em sua disputa, mas não chegou a empolgar a torcida neste domingo. O jamaicano frustrou a expectativa dos fãs ao completar os 100 metros acima dos 10 segundos. O supercampeão levou o troféu com o modesto tempo de 10s12, em sua primeira prova de 100 m na temporada.

A marca é muito distante do recorde mundial, de 9s58, estabelecido pelo próprio jamaicano em 2009, e mesmo da sua última prova do ano passado. Em agosto, ele completou a distância em 9s98.

Na exibição deste domingo, no Jockey Clube do Rio de Janeiro, Bolt não demonstrou todo seu potencial, mas não teve problemas para superar seus rivais: o norte-americano Ryan Bailey (10s24), o brasileiro José Carlos, o Codó (10s51) e Churandy Martina, das Antilhas Holandesas (10s53).

"Meu início não foi muito consistente, mas não posso reclamar. Como eu costumo dizer, quando mais você corre na temporada, melhor você fica, então vou ficar bem", declarou o jamaicano à TV Globo, já pensando no Mundial de Atletismo de Pequim, em agosto, e no Mundial de Revezamentos de Nassau, em maio.

Nas disputas preliminares, Alan Fonteles disputaria a prova paralímpica. Ele era o principal brasileiro de todo o evento. No entanto, teve problemas em uma de suas próteses e não pôde entrar na competição.

"Houve um problema na válvula da minha prótese. Ela não está funcionando. O ar entra na prótese e deixa ela solta. Tentei acertar, mas não deu certo, infelizmente", lamentou o campeão paralímpico nos Jogos de Londres-2012 - superou o então astro sul-africano Oscar Pistorius.

Na prova feminina, a tricampeã olímpica Veronica Campbell Brown, compatriota de Bolt, venceu com o tempo de 11s04. A jamaicana fez duelo direto com a rival Carmelita Jeter, dos Estados Unidos, que ficou em segundo, com 11s19. A brasileira Vitória Rosa ficou no quarto e último lugar, com 11s59.

Tudo o que sabemos sobre:
atletismoUsain Bolt

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.