Bolt não deu chances aos rivais na prova em Paris
Bolt não deu chances aos rivais na prova em Paris

Bolt vence os 100 metros na etapa de Paris da Liga Diamante

Atleta jamaicano crava o tempo de 9s84 e não dá chances ao compatriota Asafa Powell, que termina com 9s91

AE, Agência Estado

16 de julho de 2010 | 17h21

Na prova mais aguardada dos últimos dias, nada de surpresas e de quebras de recordes. Nesta sexta-feira, o jamaicano Usain Bolt venceu os 100 metros na etapa de Paris da Liga Diamante, realizada no Stade de France. Com o tempo de 9s84, o campeão olímpico e mundial da prova ficou na frente de seu rival e compatriota Asafa Powell, que terminou na segunda colocação com 9s91.

O tempo de Bolt frustrou a expectativa de todos para a disputa, já que o próprio jamaicano havia falado durante a semana que poderia correr nesta sexta abaixo de 9s80 e, assim, fazer o melhor tempo desta temporada - ele e Powell, em provas diferentes, detêm a marca de 9s82 em 2010. O recorde mundial de 9s58, do próprio Bolt, foi conquistado no Mundial de Berlim, na Alemanha, no ano passado.

Essa foi a primeira vez que Bolt e Powell se enfrentaram nesta temporada. A vitória do recordista mundial nesta sexta foi a sua 14.ª de forma consecutiva na prova dos 100 metros. Powell é o último velocista a ter ganhado de Bolt nesta disputa - isso aconteceu há dois anos, em Estocolmo (Suécia).

A terceira colocação da prova foi de outro jamaicano - Yohan Blake fez o tempo de 9s95. Abaixo dos três primeiros colocados, ninguém baixou de 10 segundos. Inclusive o francês Christophe Lemaitre, que na semana passada se tornou o primeiro branco a conseguir baixar o tempo de 10 segundos em uma prova de 100 metros. O velocista, de 20 anos, registrou 9s98 no Campeonato Nacional. Nesta sexta, ele ficou em quinto lugar com 10s05.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.