Bom empate do Santos no Recife

Artilheiro Kléber Pereira faz o gol dos paulistas no 1 a 1 contra o Sport

Bruno Deiro, O Estadao de S.Paulo

31 de outubro de 2008 | 00h00

Sem grandes pretensões no Campeonato Brasileiro, Sport e Santos empataram por 1 a 1, ontem, no Recife, e seguem em posições intermediárias. Autor do gol santista, o atacante Kléber Pereira chegou a 21 na competição e agora tem três de vantagem em relação ao palmeirense Alex Mineiro, seu rival no clássico do próximo domingo. "É gratificante fazer os gols, mas não podemos nos descuidar do nosso objetivo de manter distância da zona de rebaixamento, após o sufoco dos últimos meses", afirmou o artilheiro da Série A.Lotada, a Ilha do Retiro foi mais uma vez a arma do Sport, especialmente no primeiro tempo. Desde o início, a torcida pernambucana empurrou a equipe para o ataque. O Sport saiu na frente com um gol de pênalti, aos 30 minutos. Lançado na área, Roger deu um toque à frente e sofreu falta cometida por Adriano, em um carrinho desnecessário. Fumagalli bateu com categoria e colocou os donos da casa em vantagem. O time pernambucano manteve a postura ofensiva, mas acabou se descuidando na defesa. Nos acréscimos do primeiro tempo, o Santos conseguiu o gol de empate. Molina invadiu a área e bateu firme para boa defesa de Magrão. No rebote, Kléber Pereira pegou de primeira para estabelecer a igualdade. No segundo tempo, a primeira grande oportunidade foi do Sport, aos 13 minutos. Fumagalli girou na entrada da pequena área e finalizou com força, mas a bola explodiu no travessão de Fábio Costa. O Santos devolveu logo em seguida, com uma cabeçada perigosa de Molina. O Sport seguiu no ataque, mas com poucas chances concretas. No Santos, Kléber Pereira ainda teve duas ocasiões para marcar. No fim, o time santista segurou a pressão dos donos da casa e mostrou satisfação com o resultado. Enquanto o Santos quer garantir uma vaga na Sul-Americana, a equipe do Recife já tem lugar garantido na Taça Libertadores 2009, após a conquista da Copa do Brasil, em junho. Mesmo longe da ameaça de rebaixamento, o Sport não escapou das vaias após a partida. O time, que ocupa a 11ª posição, está há sete partidas sem vencer no Brasileiro. A equipe pernambucana vai a Curitiba na próxima rodada para enfrentar o Atlético-PR, que luta para sair das últimas posições. No domingo, o Santos recebe o Palmeira na Vila Belmiro para o clássico paulista.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.