Bordeaux toma o lugar do Lyon

Atual campeão, time começa a temporada arrasando os adversários

Bruno Deiro, O Estadao de S.Paulo

29 de agosto de 2009 | 00h00

O Bordeaux enfileirou 11 vitórias no fim da última temporada para vencer o Campeonato Francês e mantém o fôlego. Responsável pelo fim da hegemonia do heptacampeão Lyon, triunfou nas três primeiras rodadas da atual edição e mostra força para repetir o feito. Para o volante Fernando, ex-Grêmio, o maior obstáculo para o bicampeonato é o Olympique de Marselha, rival de hoje, ao meio-dia (horário de Brasília). "Pelas contratações, o Olympique é o grande favorito. Trouxe jogadores importantes, como o Lucho González (ex-Porto)", lembra o brasileiro. O duelo, mesmo no início da competição, já ganha ares de decisão. "Embora ocorra muito cedo, esse jogo vale mais que os três pontos." O atleta sabe da importância do jogo, ainda mais depois de o Lyon ter assumido provisoriamente a liderança da competição (10 pontos), ontem, ao fazer 3 a 1 no Nancy.Fernando afirma que a arrancada de 14 vitórias seguidas no nacional da temporada passada e na atual ocorreu após o time ter superado o então "bicho-papão" do Francês. "Começou nas últimas rodadas do campeonato passado. Derrotar o Lyon nos motivou muito, passamos a acreditar que poderíamos brigar pelo título." A vitória em casa por 1 a 0 sobre o então heptacampeão ocorreu na 32ª rodada e foi determinante para o fim de um jejum de 10 anos sem título nacional do Bordeaux.Neste ano, a ideia é manter a fórmula que deu certo. "O Bordeaux apostou na sequência e manteve seus principais jogadores", diz Fernando. "Guardamos o entrosamento." Além dele, jogam na equipe os brasileiros Henrique, Wendel e Jussiê. Ainda hoje, o Toulouse recebe o Valenciennes e o PSG encara o Lille. Ontem, a 4ª rodada, teve outros jogos além da vitória do Lyon: Boulogne 0 x 0 Auxerre, Lens 2 x 2 Rennes , Nice 0 x 3 Montpellier, Sochaux 1 x 0 Monaco, Lorient 1 x 0 Le Mans e Sain-Etienne 1 x 0 Grenoble.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.