Borges é a nova esperança de gols do Santos

Atacante do Grêmio chega hoje à Vila Belmiro para assinar contrato de dois anos e será herdeiro da vaga de Zé Eduardo

Sanches Filho, O Estado de S.Paulo

24 de maio de 2011 | 00h00

ESPECIAL PARA O ESTADO / SANTOS

Borges já é jogador do Santos. O presidente Luis Alvaro de Oliveira Ribeiro confirmou, ontem à noite, que o atacante vai estar entre hoje e amanhã no Centro de Treinamento Rei Pelé para fazer os exames médicos e assinar contrato por dois anos.

De acordo com Luis Alvaro, o novo reforço santista inclusive prometeu assistir ao jogo contra o Cerro Porteño, amanhã à noite, no Pacaembu.

"Entre Santos e Borges, Grêmio e Marquinhos está tudo certo", disse o presidente santista. Ele esclareceu que o meia está emprestado ao Avaí até o fim do ano, mas provavelmente vai se apresentar ao clube gaúcho após o término da Copa do Brasil.

O Santos cedeu ao Grêmio os seus 50% sobre os direitos econômicos de Marquinhos.

Borges tem 30 anos e já trabalhou com Muricy Ramalho no São Caetano em 2004 e no São Paulo, onde foi bicampeão brasileiro (2007/8).

Depois de perder um pênalti na decisão da Copa Farroupilha - o Segundo Turno do Campeonato Gaúcho - deste ano e ser expulso diante do Universidad Católica, do Chile, pela Taça Libertadores da América, ele foi colocado à disposição pelo técnico Renato Gaúcho. No clube gaúcho, seu salário gira em torno de R$ 200 mil mensais.

A diretoria faz suspense, mas se comenta nos bastidores que o próximo reforço será um zagueiro de um clube sul-americano.

Dúvida. O meia Alan Patrick não participou do treino de finalizações ontem, mas tem chance de ser liberado para o coletivo de hoje à tarde e de jogar contra o Cerro Porteño, do Paraguai, amanhã à noite, no Pacaembu. O lateral-direito Jonathan fez esteira na academia e está quase fora.

O volante Danilo confia que o Santos chega "mais forte" para encarar o Cerro, do que na época da primeira fase.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.