Botafogo nega clima de revanche

No primeiro turno, o duelo entre Náutico e Botafogo foi marcado pela confusão entre a polícia pernambucana, o zagueiro André Luís e o presidente do Botafogo, Bebeto de Freitas. Hoje, às 18h20, as equipes voltam a se enfrentar, no Rio. Os jogadores cariocas, porém, garantem não haver revanche. O que importa é vencer para manter o time entre os 4 melhores do campeonato. O técnico Ney Franco deve repetir a escalação do time que venceu o Atlético-MG por 5 a 2, pela Copa Sul-Americana. Já a Lusa recebe, no Canindé, um Atlético-MG em forte crise. Anteontem, um grupo de torcedores depredou a sala da presidência do clube mineiro, depois da derrota, em casa, para o Botafogo. Em Salvador, o Vitória pega o desesperado Ipatinga pensando na volta ao G4. A novidade é o retorno do atacante Marquinhos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.