Botafogo se fecha no Parque Antártica

O gol de empate sofrido já nos acréscimos da partida contra o Vitória pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro provocou mudanças táticas no Botafogo para o confronto de amanhã, contra o Palmeiras, às 20h30, no Parque Antártica. O técnico alvinegro Paulo Bonamigo optou pelo mistério, não revelando a escalação da equipe, mas o time será armado no sistema 3-6-1 e o meia Valdo, o mais experiente do grupo, deverá perder a vaga de titular. "Não gosto de equipe covarde, mas neste momento preciso fortalecer o meio-de-campo. Um setor onde o Palmeiras joga forte e geralmente vence suas partidas dominando esta faixa", explicou Bonamigo ao adotar a formação defensiva. "E é claro que pedi aos jogadores que tenham mais espírito de superação, vontade. Precisamos colocá-lo a serviço do grupo para que não ocorra mais o episódios como o da partida contra o Vitória." Com a opção pelo 3-6-1, a tendência é a de que Bonamigo escale o volante Fernando na defesa e no meio-de-campo atue Carlos Alberto, no lugar de Valdo, que vem sendo criticado por causa de suas últimas atuações. "Um dos nossos maiores problemas foi o de que após algumas vitórias recebemos um excesso de elogios. Mas a nossa preocupação precisa ser a de manter a humildade e trabalhar", destacou Bonamigo. "Caso não pensemos assim, seremos uma equipe comum, que pode ser vencida por qualquer adversário." Após uma conversa de Bonamigo com os jogadores, o lateral-direito Ruy argumentou que o empate contra o Vitória serviu como uma "lição". Frisou que o mal resultado não interferiu no ânimo do elenco para o confronto de amanhã. "Custei a acreditar que eles tinham empatado o jogo. Na hora, fiquei até com raiva porque um resultado como este, quando a gente estava com o jogo na mão, não pode ser encarado como natural", disse Ruy. "Mas garanto que não tirou o nosso ânimo. Ele serviu para a gente aprender e não bobear no futuro." Recurso - O Botafogo entrou hoje no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) com um pedido de efeito suspensivo para que possa realizar em casa o confronto contra o Cruzeiro, no sábado. O clube foi punido com a perda de mando de campo pela instituição. Caso seu recurso seja indeferido, o Alvinegro já escolheu o local do confronto contra os mineiros: Joinville.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.