Boxe: Sertão é campeão latino-americano

Valdemir Pereira dos Santos, o Sertão, conquistou na preliminar seu primeiro título internacional. Tornou-se campeão latino-americano dos penas ao derrotar neste sábado, no Ginásio do Ibirapuera, o argentino Pastor Humberto Maurin, por pontos, após 12 assaltos. Os três jurados deram a vitória para o brasileiro ao anotar nas papeletas 120 a 106.A luta foi muito catimbada pelo argentino. Maurin lutou muitas vezes sem a guarda, deixando o rosto à mostra para Sertão. Com esquivas rápidas, ele conseguiu se livrar dos golpes do brasileiro. O lutador argentino também sambou no ringue, piscou para a torcida, acenou para a câmera de televisão que transmitia a luta (via pay per view) e chegou até a tirar sarro do árbitro, no momento em que era retirado dele um ponto por falar em demasia durante a luta.Sertão não perdeu a concentração em nenhum momento. E apesar de vencer a luta com certa facilidade, mostrou um repertório de golpes pouco eficientes, ao não utilizar uppers e golpes na cintura. ?O Sertão agora vai virar mar?, disse após a luta o pugilista brasileiro, que disse ter aprendido muito com a luta, já que o adversário era, segundo ele, muito malandro. ?Quero seguir os passos de Popó e conquistar mais um título internacional para o Brasil.?Cruzadores - O boxeador Laudelino Barros estreou com vitória na categoria dos cruzadores. Ele derrotou por nocaute aos 2min04s do terceiro assalto Marco Duarte. Laudelino dominou toda a luta e mostrou bom preparo físico não sentindo a mudança de categoria dos meio-pesados para os cruzadores.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.