Boxe tenta ouro para quebrar jejum de 44 anos

Um ex-entregador de compras e um ex-vendedor ambulante podem tirar o Brasil de um jejum de 44 anos sem o ouro no boxe em Pan-Americanos. Os baianos Éverton Lopes e Pedro Lima sobem ao ringue hoje para a decisão dos leves e dos meio-médios, respectivamente, e tentar repetir o feito de Luiz Leônidas César, Elcio Neves e Rosemiro Mateus Santos nos Jogos de São Paulo, em 1963. Everton enfrenta o cubano Yordenis Ugas, enquanto Pedro encara o americano Demétrius Andrade.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.