Boxe: venezuelano campeão do mundo

O pugilista venezuelano Alexander Muñoz se transformou neste sábado no mais novo campeão mundial da categoria super-mosca da Associação Mundial de Boxe (AMB). Muñoz derrotou o detentor do título, o japonês Shoji Kobayashi, por nocaute técnico no oitavo assalto. A luta foi suspensa no oitavo assalto, quando o japonês caiu pela quinta vez: antes, Kobayashi já havia sido derrubado no segundo, quinto e sétimo assaltos. O venezuelano, de 23 anos, tem um retrospecto de 22 vitórias e apenas uma derrota. O japonês, que defendia o título pela segunda vez desde que se tornou campeão em março de 2001, tem um cartel de 24 vitórias e cinco derrotas.

Agencia Estado,

09 Março 2002 | 12h20

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.