David Becker/AP
David Becker/AP

Boxeador Roy Jones Jr. avisa que aceita possível luta com Anderson Silva

Pugilista declara que caso 'Spider' reconquiste cinturão dos médios, embate deve acontecer

O Estado de S. Paulo

23 de outubro de 2013 | 22h22

SÃO PAULO - No que depender do desejo, uma superluta entre Anderson Silva,  ex-campeão dos médios do UFC e Roy Jones Jr, pugilista multicampeão, deve acontecer. Em entrevista ao site Boxing News, o norte-americano afirmou que, caso o "Spider" derrote Weidman (em luta programada para acontecer no UFC 168, em 28 de dezembro), o combate será uma realidade.

"Se Anderson Silva vencer Chris Weidman, nós faremos uma luta de boxe, que é o que ele deseja. Quero dar a ele o que ele tanto quer", disse o boxeador. " Estou pronto caso ele vença o Weidman. Tenho que estar pronto, porque ele vai querer vir para cima de mim", completou.

SONHO ANTIGO

Anderson Silva também sonha com um embate contra Roy. Em entrevista exclusiva ao Estadão em dezembro de 2012, a estrela do UFC se declarou fã de Jones: "Está nos meus planos como atleta. Eu sou fã do Roy Jones, do boxe dele, e gostaria de fazer", afirmou. "Como tenho contrato com o UFC, a cada dia que passa isso vai ficando mais distante', declarou na ocasião.

Tudo o que sabemos sobre:
UFCesportesAnderson SilvaRoy Jones Jr

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.