Brasil 1 enfrenta problema na equipe

Depois de uma boa performance na primeira perna da Volvo Ocean Race, a regata de volta ao mundo, o Brasil 1 enfrenta alguns problemas com sua tripulação. A navegadora australiana Adriene Cahalan deve deixar suas funções no veleiro brasileiro e o comandante Torben Grael já procura um novo integrante para o restante da disputa, que ainda vai durar cerca de 7 meses.Na primeira perna da regata, que foi da Espanha até a África do Sul e terminou no final da semana passada, o Brasil 1 chegou em terceiro lugar. Mas, durante parte do longo percurso, Marcelo Ferreira ficou doente e não pôde regular as velas. E Adrienne não assumiu o posto dele por falta de condições físicas.Assim, a idéia é substituir a navegadora, única mulher da tripulação, por um homem. Mas Adrienne continuaria no veleiro, como meteorologista. Para isso, a direção do Brasil 1 fará uma reunião nesta terça-feira, no Rio, quando irá discutir a mudança na equipe.

Agencia Estado,

05 de dezembro de 2005 | 14h22

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.