Divulgação
Divulgação

Brasil avança com 4 duplas masculinas em Long Beach

Bruno Schmidt e Pedro Solberg, Alison e Emanuel, Evandro e Vitor e Álvaro e Edson estão classificados

AE, Agência Estado

25 de julho de 2013 | 21h01

LONG BEACH - O Brasil avançou com força máxima às oitavas de final da chave masculina do Grand Slam de Long Beach, etapa do Circuito Mundial de vôlei de praia. Das quatro parcerias, duas se classificaram de forma automática, por liderarem seus grupos, e duas precisaram passar pela repescagem para entrar na fase seguinte da competição.

Bruno Schmidt e Pedro Solberg, líderes do ranking, foram os únicos brasileiros a avançar com 100% de aproveitamento até agora. Nesta quinta-feira, eles venceram os suíços Gabathuler e Weingart por 2 sets a 0, com parciais de 21/15 e 21/17, e não tiveram problemas para entrar nas oitavas. Vão enfrentar agora os espanhóis Herrera e Gavira.

Alison/Emanuel, por sua vez, venceu os canadenses Saxton e Schalk por 20/22, 21/14 e 15/12. O resultado embolou a liderança do Grupo E, mas os brasileiros terminaram em primeiro por causa dos critérios de desempate. Na sexta, eles vão enfrentar os americanos Doherty e Rogers.

Já Evandro/Vitor Felipe e Álvaro Filho/Edson Filipe precisaram passar pela repescagem para seguir na competição. A primeira dupla caiu diante dos australianos Kapa e McHugh por 21/18 e 21/19. Mas se recuperou com uma vitória sobre os suecos Brinkborg e Gunnarsson por 21/16 e 21/13. Seus próximos adversários serão os letões Janis Smedins e Samoilovs.

Álvaro Filho e Edson Filipe foram superados pelos austríacos Huber e Seidl por 21/17, 16/21 e 17/15 antes de alcançarem a classificação com um triunfo sobre os checos Robert Kufa e Hadrava por 17/21, 21/17 e 15/12. Agora terão pela frente os italianos Lupo e Nicolai.

RÚSSIA

No Open de Anapa, os brasileiros Thiago e Brandão venceram duas vezes nesta quinta. Pelo Grupo H, bateram duas duplas da Letônia: Solovejs e Finsters, por 21/19 e 23/21, e Haralds e Armands, por 20/22 e 16/21.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.