Divulgação CBHb<br>
Divulgação CBHb

Brasil bate Espanha e é campeão em torneio de handebol feminino

Sem as jogadoras Duda e Karol, equipe superou as donas da casa em Málaga e garantiu mais um troféu; placar terminou em 24 a 10

Estadão Conteúdo

30 de novembro de 2014 | 13h46

Sem poder contar com Duda e Karol, que sofreram lesões nos jogos anteriores, a seleção brasileira feminina de handebol garantiu o título do Torneio Internacional da Espanha, neste domingo, ao vencer as donas da casa em Málaga por 24 a 10. A central Ana Paula chamou a responsabilidade e marcou metade dos gols brasileiros.

"Foi uma partida difícil, em que a Espanha ficou na frente boa parte do jogo. No segundo tempo, quando conseguimos melhorar nossa defesa e sair em alguns contra-ataques, viramos e administramos o placar. No final, venceu quem errou menos. Estou feliz pela conquista e vamos continuar nossa preparação para as próximas competições", comemorou Ana Paula, eleita a melhor jogadora da partida.

O Brasil estreou no torneio na sexta-feira, quando venceu a Tunísia por 35 a 23. Nesta partida, perdeu a ala Duda, melhor jogadora do último Mundial, que sofreu uma lesão no joelho e precisará ser operada. No triunfo por 33 a 22 sobre a Polônia, sábado, quem saiu machucada foi a ponta Karol. O título veio mesmo sem elas.

"Estamos contentes com o jogo de hoje (domingo), que foi o mais intenso entre as três partidas que fizemos aqui na Espanha. Conseguimos manter uma boa defesa, mas sem muitos contra-ataques. O retorno da Espanha foi muito efetivo. Trabalhamos muito para criar as ações ofensivas e, como o placar mostrou, as duas defesas foram muitos fortes. Além disso, foi importante jogar com o grupo todo e as mais jovens aproveitaram as chances", elogiou o técnico Morten Soubak.

Espanha e Polônia se preparam para jogar o Campeonato Europeu, a partir de domingo que vem, na Hungria e na Croácia. Já o Brasil só tem compromissos oficiais em julho, quando acontecem os Jogos Pan-Americanos. Em dezembro, vai brigar pelo bicampeonato mundial.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.