Harry How/AFP
Harry How/AFP

Invicto, Brasil bate EUA no basquete e encara dominicanos na semi

Seleção conta com 34 pontos de Benite na vitória por 93 a 83 

Estadão Conteúdo

24 de julho de 2015 | 00h16

Com uma boa atuação, especialmente no primeiro e terceiro períodos, a seleção brasileira masculina de basquete derrotou os Estados Unidos por 93 a 83 (47 a 38 no primeiro tempo), nesta quinta-feira, e avançou de forma invicta às semifinais dos Jogos Pan-Americanos de Toronto, no Canadá, como o primeiro colocado do Grupo A. Foram três vitórias em três jogos - as outras contra Porto Rico e Venezuela.

Nesta sexta-feira, com pouco tempo de descanso, já que encarou os norte-americanos no final da noite de quinta, o Brasil encara a República Dominicana - segunda colocada do Grupo B -, a partir das 14h30 (de Brasília), na luta por um lugar na grande final de sábado. Mais tarde, às 19 horas, os Estados Unidos jogarão contra o Canadá na outra semifinal.

Na partida, a seleção brasileira comandada pelo técnico argentino Rubén Magnano foi superior o tempo todo. Só ficou atrás no placar nos primeiros instantes, quando os Estados Unidos acertaram um arremesso de três pontos e abriram 3 a 0. Depois, só deu Brasil e os norte-americanos só tentaram uma reação, por pouco tempo, nos minutos finais, quando a diferença no placar caiu para seis pontos.

O grande destaque mais uma vez foi o ala/armador Vitor Benite, do Flamengo-RJ, que marcou 34 pontos e terminou como o cestinha. Foram nada menos que oito bolas de três em 11 arremessos tentados. O ala/pivô Augusto Lima também foi bem e fechou o jogo com 14 pontos e oito rebotes.

No lado norte-americano, que conta com a maioria de jogadores universitários com menos de 23 anos - as exceções são Bobby Brown (32 anos), Anthony Randolph (26) e Damien Wilkins (35) -, o destaque foi o armador Keith Langford, com 17 pontos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.