Fernando dos Reis/CBAt
Fernando dos Reis/CBAt

Brasil conquista mais oito ouros no Ibero-Americano de Atletismo

País já soma 22 medalhas em evento disputado no Peru

Estadão Conteúdo

25 Agosto 2018 | 21h44

O Brasil segue com ótima desempenho no Campeonato Ibero-Americano de Atletismo,que teve início na sexta-feira, no Estádio Chan Chan, na cidade de Trujillo, no Peru. A equipe conquistou oito ouros neste sábado, passando a somar 22 medalhas no evento, sendo 12 douradas, seis de prata e quatro de bronze.

Um dos destaques deste sábado foi Darlan Romani, que venceu a prova do arremesso de peso, com direito a quebra do recorde do torneio. O recordista sul-americano da prova, quarto colocado no Ranking Mundial da IAAF nesta temporada, garantiu o ouro, com 20,74 metros.

O Brasil faturou duas medalhas de ouro nos 3.000m com obstáculos. No masculino, Altobeli Santos Silva venceu com o tempo de 8min35s57. Já no feminino, Tatiele Raquel da Silva triunfou em 9min48s40.

Enquanto isso, no decatlo, Felipe Vinícius dos Santos foi o campeão, somando 7.663 pontos nas dez provas. Outra boa vitória foi obtida por Juliana de Menis Campos no salto com vara, com a marca de 4,40 metros.

Com Gabriel Constantino, que conquistou ouro nos 110m com barreiras, Paulo André de Oliveira, Jorge Henrique Vides e Aldemir Gomes Junior, o Brasil venceu ainda o revezamento 4x100 metros, com o tempo de 38s78. E Lucas da Silva Carvalho faturou o ouro nos 400m em 45s92.

O Campeonato Ibero-Americano, que reúne cerca de 300 atletas de 18 países de língua portuguesa e espanhola das Américas, Europa e África, termina neste domingo.

 

 

Mais conteúdo sobre:
atletismoDarlan Romani

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.