Site Oficial / Confederação Brasileira de Canoagem
Site Oficial / Confederação Brasileira de Canoagem

Brasil é 9º na disputa por equipes do C1 masculino no Mundial de Canoagem Slalom

Atletas projetam desempenho melhor no Mundial de 2018, que será disputado no Rio de Janeiro

Estadão Conteúdo

26 de setembro de 2017 | 11h13

O Mundial de Canoagem Slalom começou nesta terça-feira na cidade de Pau, na França, com a realização de provas por equipes. O Brasil foi representado nas disputas do C1 masculino e do K1 masculino, tendo ficado em nono e em 11º lugar, respectivamente, nesses eventos.

Na disputa por equipes do C1, Felipe Borges, Charles Corrêa e Leonardo Curcel competiram pelo Brasil. Eles passaram pelos 19 obstáculos com uma penalidade e marcaram o tempo de 109s05, o que garantiu a nona posição entre as 15 equipes participantes. A prova foi vencida pela Eslováquia, com o tempo de 95s44. O time da Grã-Bretanha ficou com a medalha de prata, enquanto o bronze foi para a França.

"Fizemos uma estratégia de descermos um pouco afastados e acreditamos que foi um bom plano. Creio que até o ano que vem, no Mundial em casa, os resultados serão melhores", afirmou Felipe Borges, projetando um resultado ainda melhor no Mundial de 2018, que vai ser disputado no Rio.

A prova do K1 masculino contou com a participação de 25 equipes. O trio brasileiro foi composto por Pedro Gonçalves, Renan Soares e Guilherme Mapelli. Eles cometeram três penalidades e fecharam a disputa com o tempo de 103s45, na 15ª colocação. A República Checa faturou a medalha de ouro em 93s06. E o pódio foi completado pela França, em segundo lugar, e pela Eslovênia, na terceira posição.

"Ao todo foi uma boa descida, andamos em uma boa sincronia, mas precisamos trabalhar para fazermos uma descida limpa, as penalidades novamente foram o nosso calcanhar de Aquiles", avaliou Renan Soares.

O Mundial de Canoagem prossegue nesta quarta-feira, quando Ana Sátila e Omira Estácia vão buscar uma vaga nas semifinais do C1 feminino. Já Pedro Gonçalves, Guilherme Mapelli e Renan Soares competirão no K1 masculino, também tentando passar às semifinais. A competição se encerrará no próximo domingo na França.

Tudo o que sabemos sobre:
Canoagem

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.